Pular para o conteúdo principal

O irmão do Doppio mais famoso de BH

Boa noite amigos! Após uma semana sem publicar aqui, por motivo de viagem, estamos de volta. Hoje falarei sobre uma viagem que fiz durante minha segunda experiência no MOVE. Boa leitura a todos.
Era o fim de uma tarde chuvosa em BH, porém início do feriado conjunto de Páscoa e Tiradentes: um na sexta, outro na segunda. A minha escola deu a quinta-feira, então para aproveitar, fui andar de MOVE. Para aquele dia, estabeleci como metas andar nos novíssimos (na época) Vip III 1721L com Suspensão a Ar da Viação Sidon, meta alcançada, depois andar de Viale BRT O500MA, meta alcançada e de Granmetro B340M. Após uma espera de 30 minutos, peguei-o e fiz viagem completa na direta. De volta a Estação São Gabriel, faltava a última meta a ser batida: andar de Doppio K310IA, sendo esse o "protagonista" da postagem. Compensando a tediosa espera pelo Granmetro, logo que olho pra estocagem pra ver o próximo carro que sairia na 83D (a linha direta pro Centro), saiu o Doppio K310IA da São Dimas, carro 10717. 
Carro em que andei naquele fim de tarde de quinta-feira. Foto: Adão Marcelino/Ônibus Brasil
Embarquei nele e me direcionei aos últimos assentos, sobre o motor do veículo. Logo depois entraram um pai com uma criança pequena, o pai sentou-se ao meu lado, e a criança no outro lado, e ele me perguntou coisas sobre o MOVE, que eu respondi de pronto. Logo depois o veículo fechou as portas e iniciou a viagem cujo destino era o Centro de Belo Horizonte. O ar condicionado estava ligado no talo, tão gelado que tive dificuldades para digitar no celular. Logo na descida do primeiro viaduto, ele começou a fazer um barulho ensurdecedor, mas como a parte seguinte era uma longa reta, acabei ignorando. Na subida seguinte, ele deu uma senhora patinada, bastou isso pra eu começar a construir a má imagem, ou birra de K310IA, como dizem alguns amigos. Logo depois, na descida da Silviano Brandão, o carro fez um barulho tão ensurdecedor que eu achei que chegaria ao Centro sem audição (o que felizmente não ocorreu). O terceiro túnel da Lagoinha, o mais baixo de todos (já que fica abaixo de outros 2 túneis, um em cada sentido, para veículos em geral), exclusivo para ônibus em geral até pouco tempo atrás, hoje para os ônibus do MOVE, marca a chegada a área Central, no meu caso, fim daquela parte da volta pra casa. Mas ainda restava tempo pro 10717 ser o 10717, como ocorreu em todo o caminho até ali. Dessa vez as luzes do segundo vagão, onde eu estava, ou não estavam funcionando, ou não estavam acesas, enquanto o primeiro, todo iluminado. Pra minha sorte, o túnel acabou e a viagem estava chegando aos minutos finais. O 10717 ganhou o corredor exclusivo do Centro, porém depois de tudo o que ocorrera, seria irônico se outro carro da mesma empresa tivesse bloqueando o acesso a uma das ETs? Seria mais irônico ainda se o carro citado fosse o irmão do 10717, o 10716? Se for ou não, fica por sua conta, mas isso ocorreu mesmo, o carro 10716 da São Dimas quebrou numa das ETs do Centro, e nenhum carro podia parar lá, prejudicando passageiros que iriam descer naquela ET e embarcar nos ônibus convencionais que tem seus pontos finais nas ruas paralelas. Após todo o sufoco, finalmente o ônibus atracou e eu desci, pondo fim a aquela viagem. Fiquei com raiva do K310IA, até eu andar nos também Doppios K310IA 10732 e 10735, da Milênio, mas essas histórias ficam pra outras ocasiões. 
Muito obrigado pela leitura e pelas visualizações. Abraços e até a próxima!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja as vencedoras do sorteio realizado pela ANTT hoje

Olá a todos, boa tarde! Na tarde de hoje, 31 de agosto ocorreu o Sorteio da ANTT, para definir os operadores de 27 linhas. As operadoras podem ser vistas na integraaqui(e também ao longo da lista) e o Sorteio pode ser assistido na íntegraaqui.


Aracaju (SE) - Capim Grosso (BA)
Número de vagas: 2

Concorrentes: Expresso Guanabara, Real Expresso, Rota Transportes e Cidade Sol.
Vencedoras: Expresso Guanabara e Real Expresso

Aracaju (SE) - Irecê (BA)
Número de vagas: 2

Concorrentes: Expresso Guanabara, Real Expresso, Rota Transportes, Águia Branca, Cidade Sol e Salutaris.
Vencedoras: Águia Branca e Rota Transportes


Aracaju (SE) - Jacobina (BA)
Número de vagas: 2

Concorrentes: Expresso Guanabara, Real Expresso, Rota Transportes e Cidade Sol
Vencedoras: Rota Transportes e Cidade Sol

Aracaju (SE) - Morro do Chapéu (BA)
Número de vagas: 2

Concorrentes: Expresso Guanabara, Real Expresso, Rota Transportes, Águia Branca, Cidade Sol e Salutaris
Vencedoras: Cidade Sol e Expresso Guanabara

Aracaju (SE) - Riachão…

Itapemirim e Pluma, o que elas tem em comum?

Olá amigos, boa noite! Após 2 semanas de folga, estou de volta. Hoje era pra ser um editor convidado, porém por razões pessoais ele não pôde produzir o texto, mas como o blog deve seguir, farei um paralelo sobre a história e o momento atual de 2 empresas renomadas no mercado: Pluma Conforto e Turismo e Viação Itapemirim S/A. Boa leitura a todos!
Itapemirim e Pluma, o que elas tem em comum? Sobre elas muitos só sabem que são ícones do transporte rodoviário sul-americano, que estiveram a frente do seu tempo e estão em um grupo de empresas rodoviárias que mais sentiram o momento de crise que estamos vivendo, algumas fecharam, algumas venderam e transferiram linhas pra empresas parceiras ou não e outras estão com suas contas exauridas, operando regularmente  veículos que foram fabricados no início ou no meio da década de 1990 (e não apenas nas altas temporadas, onde é comum empresas financeiramente sólidas usarem este expediente). Porém, muita coisa as duas tem em comum, desde o início de…

Como distinguir as cores do transporte de BH?

Olá amigos, boa noite!!! Na postagem de hoje vamos falar sobre as cores dos ônibus de BH e RMBH, o que cada uma delas significa. Boa leitura a todos!!!
A primeira padronização por cores de Belo Horizonte ocorreu no ano de 1982, juntamente com a organização do sistema, gerido pela Metrobel. Era o sistema Probus. Antes as empresas tinham pintura própria, porém a partir de então implantou-se um padrão válido para a cidade de Belo Horizonte e Região Metropolitana. Haviam apenas 2 cores, a cor azul representava linhas intituladas diametrais, que ligavam bairros e pólos regionais e industriais a outros bairros e pólos. A cor vermelha representava linhas expressas e semi-expressas, que ligavam bairros de BH e região ao Centro de BH. Depois veio a pintura do Uninorte, serviço que ligava Venda Nova ao Centro de BH. A pintura era branca com detalhes verdes.
No ano de 1992 a Metrobel acabou encerrando as atividades, ficando as linhas que circulavam no município de Belo Horizonte com a …